Alentejo 600 @ 2024

Atualizado: 2024/06/12

Uma jornada costeira e interior

Por dentro do Brevet…

Alentejo em grande: uma jornada costeira e interior

O Alentejo 600 nasce de querer ter no Alentejo um Brevet de 600 km, complementar ao tradicional Portugal na Vertical 600, a distância que nos faltava Alentejo adentro.

A jornada inicia-se em Lisboa, onde apanhamos o barco de Belém para a Trafaria, com vistas sobre o Rio Tejo, a cidade e a Torre de Belém, o famoso monumento lisboeta do século XVI. Da Trafaria, seguimos para a Fonte da Telha, pedalando ao longo da costa, esperando que os banhistas ainda estejam em casa a preparar as geleiras.

Rumamos para sul até Azeitão pela EN10, famosa pelos seus vinhos e queijos, e pelas quintas históricas, como a Quinta da Bacalhôa, do século XV, talvez agora não seja o momento para iguarias… fica para a próxima. 

Descemos até Setúbal onde aproveitamos para tomar um bom pequeno almoço pois a viagem promete e na margem sul do Sado as hipóteses de boas pastelarias são menores. É em Setúbal que apanhamos o ferry para Tróia, terra com praias de areia branca e ruínas romanas do século I d.C.

Seguimos agora para Melides e depois para Sines, a cidade natal de Vasco da Gama e depois até Porto Covo, onde contemplamos um dos troços mais bonitos deste Brevet, a concorrência à Arrábida.

Passamos em Porto Covo e seguimos pela EN120 até Odeceixe, com vistas costeiras e na expectativa de que não faça muito calor por estas terras alentejanas mais chegadas ao mar.

Chegamos a Odeceixe ao fim da tarde/início da noite, não sem enfrentar algum sobe e desce típico desta zona. É tempo de comer e recuperar energias pois a noite vai ser longa para norte, rumo a Évora.

Passamos por Odemira e Aljustrel, com sua história de mineração desde a época romana. As estradas aqui são mais suaves, mas a distância acumulada começa ser relevante.

Seguimos pela EN2 até Ferreira do Alentejo, atravessando paisagens rurais. De Ferreira do Alentejo, vamos para leste, passando por Alvito, com o seu castelo do século XV, e depois para Viana do Alentejo.

Chegamos a Évora ao raiar do dia, uma cidade Património Mundial da UNESCO, com o Templo romano “de Diana”, do século I. É tempo de recarregar energias e de encontrar um bom local para o 1º, 2º ou mesmo 3º pequeno almoço.

De Évora, seguimos para Arraiolos, famosa pelos seus tapetes artesanais, e depois para Pavia, com o seu dólmen transformado em capela. Continuamos para Mora, damos um saltinho à barragem de Montargil e ao distrito de Portalegre e seguir para Oeste rumo a Coruche, com suas pontes e campos de arroz.

Chegados finalmente a Vila Franca de Xira é tempo de ganhar coragem para os últimos km do Brevet guardando alguma paciência para lidar com algum automobilista menos simpático EN 10 a fora. Aqui o refúgio está na ciclovia, que acompanha parte substancial deste troço.

Este Brevet  é um misto de descobertas – do rio Tejo ao Sado, das vistas costeiras às cidades e aldeias históricas do Alentejo -, enfrentando altimetrias moderadas em que o calor pode representar um desafio adicional.

Se nunca participou em quaisquer Brevet não poderá inscrever-se pela primeira vez num Brevet de 400 ou 600 km. Estas inscrições representam um risco potencial adicional que não queremos correr.

Se este ano não fez a serie completa, mas fez um Brevet de 400km – ou no ano anterior concluíu um Brevet de 400 ou mais km, e este ano não realizou um dos Brevets de distância inferior, não sendo este comportamento recorrente, a sua inscrição será aceite.

Data limite de inscrição | 15 de junho de 2024

Vagas neste momento | 0

Data e hora de realização | 22 de junho de 2023 / 07:30

Loading Map....

Cue sheet | Entregue aos Randonneurs inscritos no Brevet

Localização dos postos de controlo | Lisboa, Setúbal, Sines, Odeceixe, Ferreira do Alentejo, Évora, Mora, Muge, Lisboa

Tempo limite | 40 horas

Encerramento do posto de controlo de chegada | 00:00 | 24 de junho de 2024

BASE

22,00Base
  • Cue sheet
  • Track de GPS
  • Cartão de percurso

MAIS

32Mais
  • INCLUI BASE MAIS:
  • Medalha personalizada do Audax Club Parisen

Bookings

Brevet lotado, workers ride ou as inscrições ainda não estão/já não estão disponíveis